Um homem semelhante a nós

24mar17

Elias não se tornou humano a partir do momento em que ele sentou debaixo de um zimbro pedindo a morte. Ele era humano o tempo todo. Ele estava sujeito aos mesmos sentimentos que nós o tempo todo. Daí que o texto nos coloca diante de duas realidades: a primeira é a da fraqueza humana que é comum a todos nós, e a segunda, é a da grande compaixão de um Deus que nos ama, nos conhece e cuida de cada um de nós.

Visite nossa página: www.encontrocomavida.com.br

Ouça o Programa Encontro com a Vida, todos os domingos, às 22:30 horas, pela Rádio 93 FM (RJ). Também online em www.radio93.com.br no dia e horário do programa.

Anúncios


No Responses Yet to “Um homem semelhante a nós”

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: